Skip to content
dezembro 6, 2009 / ASCOM

Jango, uma grande injustiça!

Golpe de 64, não quero falar muito dele hoje, mas preciso citar.

Esse golpe articulado por forças externas, por oposicionistas e pela mídia tendenciosa, defendido por alguns como revolução, deu como herança ao Brasil uma ditadura militar que reprimiu a sociedade, antes livre, antes com um presidente com idéias revolucionárias, mas um brasileiro que amava seu país e queria o bem para todos!

Jango foi para o exílio, poderia e tinha o direito de permanecer presidente e no Brasil, já que na época era adotada a eleição solteira e,  mesmo sendo vice da chapa de Lott ganhou para vice que no mesmo pleito o escolhido para presidente numa estratégia de marketing excelente: o vergonhoso Jânio Quadros.

Mas Jango prefiriu preservar o país de uma guerra civil, tanto ele quanto o povo que foi para a marcha da família (contra ele) não sabia o que estava reservado para o povo brasileiro.

O Brasil viveu uma época que muitos tentam apagar, mas ainda há quem lute para que seja esclarecida toda a história desse período obscuro, dos que estavam aqui e sumiram por seus ideais e por aqueles que estavam no exílio, como Jango, que muitas questões precisam de esclarecimento.

Conheça o Instituto João Goulart e entenda da minha admiração por um homem que não tive o prazer de conhecer, mas que defendo, por pesquisar, e por ver que suas idéias eram viáveis. O Brasil estaria, sem dúvida alguma, muito melhor do que hoje com todas as melhorias conquistadas no governo Lula.

Lá você vai conhecer homens, herdeiros de Jango, que estão lutando por justiça, para que a história de João Goulart não seja esquecida, que a verdade seja de conhecimento geral. Eles farão história no Brasil, quiça, um dia eu creio que um deles possa vir a ser presidente do Brasil e gozar da república democrática de hoje que infelizmente Jango foi impedido de viver.

Jango morreu, mas vive!
Creio na revolução do pensamento! Uma revolução que me proponho a lutar, para que todos venham e marchem mais uma vez pela legalidade, hoje de uma forma mais livre, mas necessária nesse momento que temos muitos jovens alienados que não sabem o que é luta por um ideal.

Viva Jango! Dedico esse post a família Goulart e em especial ao Christopher, Marcos e João Vicente.

Anúncios

One Comment

Deixe um comentário
  1. Ruy Mauricio de Lima e Silva Neto / fev 4 2010 8:48 am

    Sem dúvida alguma, Jango foi um grande brasileiro, embora infelizmente com algumas fraquezas, pelas quais pagou de forma muito mais que proporcional. A principal delas foi a tibieza, a fraqueza que não poderia ter tido ao lidar com aquela canalhada que o envolvia (Castelo Branco, Amauri Kruel, Nelson de Mello, etc).Tinha mais que destituí-los, o mais tardar quando começaram com aqueles manifestos subversivos. E nada de correr para Porto Alegre, não sei o que. Ficado em Brasilia, acionando seus subordinados no Exército para que debelassem aquele foco de insubordinação. Nada desta hsitória de que não quer ver derramamento de sangue. Nenhuma, absolutamente nenhuma grande nação se forja sem, infelizmente, algum derramamento de sangue, sobretudo dos elitistas que permanentemente conspiram contra ela (como agora e sempre).É um sangue muito bem derramado se for para dar lugar a uma nação onde a maioria, dentro dos limites constitucionais, mande e decida as coisas.
    De qualquer forma, ao querido Jango eu devo uma adolescência e um começo de juventude maravilhosos, que nenhuma das “galeras” atuais pode fazer idéia.Por mais de 20 anos tivemos que ouvir os insultos e as infãmias que foram a ele e a seu governo assacadas, sem que tivéssemos como agora, neste exato momento, canais por onde expressar nossa discordãncia. Precisamos contar toda a história do governo João Goulart .E um bom começo é o livro que Moniz Bandeira lançou em 77, pela Civilização Brasileira. Lá está escrito esta grande verdade que resume grande parte da história: o governo de João Goulart caiu pelas suas qualidades, não pelos seus defeitos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: